segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Reverdecer

Esperança é o  mate verde, frio  ou quente
Que boca recebe e  saboreia simplesmente
É a grama cortada, limpa, e bem aparada
Tapete monocromático pela "mãe" ofertada

É o verso a sete chaves guardado, aprumado
Tão lindo, que faz  o ser, suspirar, admirado
É entrega, quando  alma poeta, apaixonada
E a felicidade em cada frase se faz revelada

É um  belo nome  de gente, promessa  de vida
De abraço, amor, carinho, uma terna guarida
Sol que acorda a flor, mais  colorida, atrevida
Céu, nuvens, constelações e poesia reverdecida.

Meri Viero