terça-feira, 8 de novembro de 2016

ESPERANÇA...

Se tivesse cheiro, seria do melhor perfume
Se gosto, teria o sabor do mais puro mel
Se cor, seria com certeza azul, cor do céu
Se direção, uma estrela feito farol, um lume

Substantivo abstrato que parece palpável
A vemos a cada amanhecer, em cada canto
Seja da casa, do pássaro não domesticável
Na liberdade da asa, e até no dorido pranto

É verde ressurgindo na primavera e no olhar
Na poesia antiga, feito cantiga de ninar
É presença marcante, força viva a todo instante
Feito fé que nos convida à seguir adiante.

Meri Viero