segunda-feira, 24 de outubro de 2016

PEDRAS NO CAMINHO

Hoje o dia tem o brilho dos raios
E a tristeza cinza da tempestade
Um misto de beleza, de saudade
Parafraseada em poemas diários

Hoje a ampulheta, pareceu inerte
A areia, do tempo, caiu vagarosa
Esperando milagre que a desperte
E horas então sigam voluntariosas

Hoje houve as pedras no caminho
Tentaram bloquear os passos teus
E nessa teimosia, em ficar sozinho
Levaste contigo, o coração, meu...

Meri Viero