domingo, 24 de janeiro de 2016

ESPERA

Minha tela anda saudosa por cores
Talvez  espera  que  as inspirações
Finalmente façam  esperada pazes
Se desprendam em frases, orações

E verbos  e  versos, querem verter
Esperam o  toque do anjo perfeito
Talvez   hora dessas  vai aparecer
E tirar essa dor que invade o peito

Asas  guardadas  esperando o voo
Que ansioso  aguarda  o despertar
Como  as  cores refletidas no olho
Esperança  para  me  fazer voltar...

Meri Viero