segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Sem sintonia

Tudo é chuvisco nessa era digital
A alma passeia só na madrugada
E é ilusão algo que deveria ser real
Vira verso cheio de pó da estrada

Sem sintonia é vida tão sofrida
Tristeza carcomendo sonhos
O tempo em horas desprovidas
Caindo sonolento; disponho...

Palavras mudas, também estereis 
Infrutíferas não mais vingam
Nem flor, nem fruto comereis
Sede não sacia, gotas respingam.

Meri Viero