segunda-feira, 17 de agosto de 2015

O VENTO AVISOU...

O céu azul vai mudar de cor, o vento avisou,
Já vem varrendo a poeira do antigo cobertor;
Manta que cobriu a terra, que mais seca ficou,
Foi pelos dias de sol que água evaporou da flor...

Pétala de veludo a cor escondeu, camada fina,

De um pó que não era seu, mas a chuva vem;
Vai chorar as lágrimas, a encantadora menina,
Reverdecer, banhar as flores que nem beijo tem...

Colibri voou daqui, mas quando água do céu cair,

Prometeu que vai beijar todas, até o doce jasmim;
Beija-flor deixa de bobagem, melhor de fininho sair,
Beija a rosa, o hibisco, não precisa beijar tudo aqui.

Meri Viero