quarta-feira, 6 de maio de 2015

SOMOS FILHOS DO CRIADOR

Não há santos na terra, talvez nunca houveram,
Mas Deus soube bem escolher, o seu ministério;
Os homens terrenos foram os apóstolos sinceros,
E  a Palavra de Deus, tão bem, eles a semearam.

Quisera hoje, Deus falar como antes, Ele falava,
Mas sei, poucos o ouviriam, não prestam atenção;
Antes o homem temia, seguia em Cristo e orava,
Hoje o homem ora, mas a fé é pequena no coração.

Segue cheio de incertezas, grato pela vida, mas amor,
Por vezes esquecido, e a paz guardada em meio ao caos;
Ninguém é melhor que ninguém, somos filhos do Criador,
Uns tem mais sabedoria, outros crescem num mundo mau.

E se contaminam, outros se arrependem, e recomeçam,
Perdoados por Deus e por si mesmos, seguem vitoriosos;
Vencem o mundo, e com Cristo Jesus, até remoçam, 
Seres, simples mortais, guardados por anjos laboriosos.

Meri Viero