segunda-feira, 11 de maio de 2015

LÁ E CÁ

Lá é um lugar distante para se chegar...
De flores mais belas e mais perfumadas,
Em que a lua linda é ainda mais prateada;
E o céu desenha novas cores para o olhar.

Cá, por vezes é cinza, dias de tempestades,
O inverno parece chegar antes da hora, e agora;
Esfria as mãos, e até a alma gela, sem novidade,
A inspiração fica acabrunhada, perdida, por ora.

Mas promete voltar na primavera, passa logo,
As estações voam, como essa vida, tão veloz;
E como tudo é tão fugaz, esse meu prólogo,
É só mais um epílogo, poesia contida em nós.

Lá e cá, por vezes se fundem, e sorriso, até traz,
Assim a vida vai passando, passos lentos e velozes,
Refazendo nossa alma, diminuindo dores atrozes,
Tentando fortalecer esse momento com muita paz.

Meri Viero