domingo, 2 de novembro de 2014

BEIJO DA CHUVA

Domingo e a noite chegando
O céu escuro vem trovejando
Música que natureza compõe
Desenhando raios e explosões

A vida aos poucos aquietando
Folhas e flores chuva beijando
Atentos ouvem a bela sintonia
Nesse instante tudo vira poesia

Composição que o olhar atento
Acompanha detalhes a contento
E que a alma sensível agradece
Distribui amor, paz como prece.

Meri Viero