segunda-feira, 13 de outubro de 2014

PERDÃO

Tem horas que pedir perdão é pouco,
Que calar ainda que doa faz um bem;
Pecado só faz mal, não salva ninguém,
Se palavras do anjo a alma não poupo...

Recupero a paz quase perdida. Desculpa,

Palavra difícil de se falar mas se proferida;
De modo sincero retira do ser até a culpa,
E traz a esperança para mais uma vida...

Que toda  mágoa seja enfim cicatrizada,

A ferida aberta finalmente seja fechada;
E a paz, essa doce amiga, seja convidada,
Especial presença, tão querida e amada.

Meri Viero