segunda-feira, 20 de outubro de 2014

NÃO E SIM

Apenas uma palavra? Não, não, não...
Ou uma vírgula ou uma exclamação,
Apenas um filme mudo na televisão;
Silêncio repleto da melhor inspiração.

Como versar então? Não, sim, não...
Não beber liquido azedo feito um limão,
Reproduzir palavras vindas do coração;
Rimar com doçura em qualquer direção.

Dá pra ser feliz assim? Sim, sim, sim...
Feche os olhos e voe com a imaginação,
Deixe a alma leve, esqueça dor e enfim;
E a vida desembarcará em outra estação.

Meri Viero