sexta-feira, 19 de setembro de 2014

AMAR MAIS...

Entre desamar e amar, há de amar mais,
Varrer as nuvens cinzas, limpar o céu;
Chover o sereno, na flor doce feito mel,
Viver com toda alegria, cultivando paz.

Beijar mais,  feito o beija-flor do jardim,
Abraçar mais, aconchego bom que se quer;
Viver mais sorrisos nas manhãs perto de ti,
Amar e esquecer espinhos que fizeram doer.

Na liberdade certa que atrai o mundo pra perto,
Nessa descoberta terra ainda fria esperando sol;
Pra aquecer o ser, transformar o sentir que restou,
Em instantes ternos, que o fará em coração liberto.

Meri Viero