domingo, 24 de agosto de 2014

ESPERANÇA RENOVADA










Despertou o dia ainda com a lua,
Se despedindo no céu de agosto;
Canto dos pássaros na vazia rua,
Um resto da noite ainda no rosto.

Que novas esperanças acampem,
Com agraciada fé, amor ofertados;
Sorriso, alegria, conforto esbanjem,
Para seres de coração consternado.

Tristeza é hálito gelado na manhã,
Onde mais um dia de calor promete;
Que oração com fervor não seja vã,
Para que mais um dia alma enfrente.

Meri Viero