domingo, 6 de julho de 2014

BRASIL "BUENÍSSIMO!"



Circula nas redes sociais um vídeo, que particularmente me chamou a atenção, de um pequeno argentino, em momento de sua tenra infância entre bolhas de sabão, onde lembrou muito meu filho, e vê-se que mãe e filho, são assim desde sempre em qualquer idioma, mas enfim, nesse vídeo, a mãe fala sobre a copa e um possível ganhador, certamente pela mãe de nacionalidade argentina, seria esse o time campeão, mas o menino crê piamente que o Brasil é o campeão, pois "brasileiros son buenísimos!", a cada nova pergunta feita pela mãe do infante, ou a uma possível chance para que este mude de ideia, ele reforça, com mais ênfase, entre uma bolha de sabão e outra.

Indaguei o quê um olhar de uma criança estrangeira, vê no time brasileiro, e sua convicção de termos o melhor time, e de que a copa está ganha, sinceramente não sei, criança de certa modo é sugestionável, e não raro levado a falar aquilo que repetimos, mas nesse caso, vi na inocência de uma criança uma certeza inquestionável, e recebi essa força que as vezes falta aos brasileiros tão calejados, e não falo só por essa copa do mundo, desse sofrimento que temos passado a cada novo jogo, dos gritos que saem da garganta a cada gol, ou quando Júlio Cesar se agiganta e parece estender os braços e formar um paredão, ou ainda quando a trave inflexível e resoluta, parece nos ajudar propositalmente, e de certa forma agradece por cada sorriso expresso, e mesmo agora diante das últimas notícias, Neymar afastado, o capitão possivelmente também está, e David Luiz é o próximo candidato à essa braçadeira, e imagino o coração de cada jogador, pois quero crer que para alguns é mais que um jogo, sabem que dentro do campo, vai o coração da maioria dos brasileiros, mas por favor, não entendo de futebol, repito o que meus olhos leigos veem e a minha emoção a cada final de jogo contabiliza.

Na verdade, não só por essa copa tão falada no mundo, por todos os problemas que cá passamos, seja no aumento do pão nosso de cada dia, ou na tarifa de ônibus, que somada a centavos, no fim do mês é mais um rombo no salário do trabalhador, seja nos impostos crescentes tais quais as garras do leão, que aparecem todos os anos, cada vez com mais força, outros numa condição oposta,  sonegam, e assim seguimos, entre as belas praias que margeiam nossa costa brasileira imensa, e os problemas urbanos, mais de 500 anos após seu descobrimento, e Portugal aportar nessas terras abençoadas, muitas coisas permanecem iguais, e não falo das belezas tombadas pelos patrimônio histórico, pois estas são de valores inconfundíveis.

Volto meu olhar à uma criança mais ou menos de seis anos, estrangeira, de um país rival do Brasil, desde muito tempo no futebol, e reconheço nele algo que precisamos resgatar, independente de credo, política, estado, é essa fé adormecida, esse amor por nossa terra, que vai além dos protestos e quebra-quebra contra patrimônio público, de ser contrário ao vermelho que hoje comanda essa nação gigantesca, de diferenças sociais ainda gritantes, de calamidades que o assolam, chuvas intensas de um lado, seca de outro, e que a cada eleição esses problemas viram promessas, entre cisternas vazias e canalizações que pouco resolvem,  mas ainda assim continua gigante e belo por natureza, e sob o olhar de cada cidadão indignado, tudo se resume em uma única palavra, "corrupção" , se esta fosse extinguida desse país, com certeza, veríamos o avanço em todas as áreas, e teríamos em nossos filhos amados, o grito de que Brasil é um pais "bueníssimo" que na minha modéstia tradução, é esplendoroso, belo por natureza, de um povo que não foge à luta, de caráter, fé, paz e de um sorriso imenso.

Meu desejo como cidadã brasileira, é ver nas ruas e casas, essa força, coragem e determinação para que mudanças ocorram, aos quatro cantos do Brasil, e que vão muito além do tremular das bandeiras em tempo de copa, que nosso estardante continue ostentando orgulho, dignidade, ordem e progresso, a cada ano que passar, e não só agora enquanto a bola rola, para que possamos escutar de nossas crianças que o "Brasil é um pais formidável!".

Meri Viero